Assembleia Municipal de Lisboa
Lisboa entre as 12 candidatas a Capital Verde Europeia 2017
24-10-2014 AmbienteOnline


A candidatura de Lisboa a Capital Verde Europeia 2017 foi confirmada e a cidade é agora uma das 12 que concorrem à distinção. O prémio, um marco de excelência para as cidades com maiores preocupações ambientais, é atribuído pelo oitavo ano.

“O Prémio Capital Verde Europeia (European Green Capital Award) é o reconhecimento do trabalho desenvolvido por uma cidade, em termos ambientais e de vivência. As cidades seleccionadas lideram na definição dos mais elevados padrões de desenvolvimento urbano sustentável, escutando as necessidades dos seus cidadãos e apresentando soluções pioneiras e inovadoras aos desafios ambientais”, informa a Câmara Municipal de Lisboa.

Um painel de peritos internacionais irá agora proceder à análise técnica detalhada de cada proposta, com base nos 12 indicadores: qualidade do ar; alterações climáticas, mitigação e adaptação; eco-inovação e emprego sustentável; desempenho energético; zonas verdes incorporando uso sustentável do solo; gestão ambiental integrada; transportes; natureza e biodiversidade; qualidade ambiental acústica; produção de resíduos e tratamento de águas residuais e gestão do ciclo da água. Depois da avaliação técnica, será seleccionado um grupo mais restrito de cidades candidatas, das quais será seleccionada a vencedora do título de 2017.

Em Junho de 2015, as cidades finalistas são convidadas a fazer a apresentação formal da sua candidatura a um júri internacional. Este júri irá “avaliar o compromisso de cada uma na melhoria ambiental contínua, o nível de ambição dos objectivos futuros, as suas actividades de comunicação com os cidadãos e o seu potencial para ser considerada como um exemplo de boas práticas por outras cidades europeias”.

Além de se tornar numa maior “inspiração para outras cidades, a vencedora irá reforçar a sua reputação como um melhor local para visitar, trabalhar, desfrutar e viver”. O anúncio da Capital Verde Europeia 2017 será feito em Junho de 2015 numa cerimónia a realizar em Bristol, Reino Unido, Capital Verde de 2015.
AmbienteOnline