Assembleia Municipal de Lisboa
Foto António Pedro Santos
Foto António Pedro Santos
Referendo
Moradores decidem substituir calçada portuguesa em Campolide
06-03-2015 R. Renascença
61,5% deram preferência à segurança e 38,5% à tradição

A Junta de Freguesia de Campolide, em Lisboa, vai substituir a calçada portuguesa por um piso contínuo, na sequência de uma votação dos moradores que deu preferência à segurança em desfavor da tradição.

A informação foi avançada à agência Lusa pelo presidente da junta de freguesia. De acordo com André Couto, o resultado da votação, que decorreu quarta e quinta-feira, mostrou que "61,5% moradores deram preferência à segurança e 38,5% à tradição".

Dos cerca de 15 mil recenseados em Campolide, apenas 349 votaram, número que o autarca explicou com o facto de o tema não interessar à maioria dos residentes.

As alterações "não abrangiam a freguesia inteira, mas a parte da zona antiga", onde as ruas ainda têm calçada portuguesa e se punha a questão de optar entre segurança e tradição.

André Couto adiantou ainda que as obras de substituição do pavimento começarão este ano e que o objectivo é as ruas principais estejam prontas antes de 2016.

As obras de requalificação vão custar 300 mil euros: são 150 mil euros em 2015 e 150 mil euros em 2016, disse o autarca de Campolide, explicando que a intervenção será dividida em dois anos "por uma questão operacional da Junta de Freguesia e por uma questão financeira da Câmara".
R. Renascença