Assembleia Municipal de Lisboa
*
Lisboa celebra Abril
25-04-2015

A Corrida da Liberdade, a Festa no Parque e a inauguração do Museu do Aljube são alguns dos eventos com que o município de Lisboa se associa às celebrações populares do 25 de Abril que, este ano, coincidem com os 40 anos das primeiras eleições livres em Portugal.

No dia 25, Há Festa no Parque promete um dia recheado de atividades com teatro, danças, yoga, zumba, marionetas, oficinas criativas, jogos tradicionais e pintura, entre outras. A partir das 10h30, no Parque Eduardo VII.

Ainda às 10h30 arranca de vários pontos da cidade a Corrida da Liberdade, um mar de gente a celebrar o desporto e a liberdade com meta nos Restauradores.

A Quinta Pedagógica dos Olivais abre as suas portas à pequenada nesse dia, com actividades para maiores de seis anos a partir das 11horas. E se de manhã o objetivo é conhecer a quinta e os seus animais, a partir das 15 o atelier “Da Tosquia à Lã” está disponível para crianças a partir dos três anos, que aí podem conhecer todas as fases por que passa a lã. As duas atividades são gratuitas mas carecem de inscrição prévia através do e-mail quinta.pedagogica@cm-lisboa.pt, ou do telefone 218 550 930.

A revolução de 74 é também lembrada no grande ecrã e o Cinema Ideal oferece à população de Lisboa, no dia 25, ao meio dia, uma sessão do filme “As Armas e o Povo”, com entrada gratuita. Um retrato dos dias vividos entre o 25 de Abril e o 1º de Maio de 1974, resultado do trabalho coletivo de um grupo de cineastas que então saíram à rua e filmaram tudo o que acontecida à sua volta (excerto do filme). Às 16h45 é projetado na mesma sala “Outro País” de Sérgio Tréfaut com um custo de cinco euros por bilhete e oferta do segundo.

E porque a música não podia faltar aos parabéns, o São Luíz apresenta às 16 horas “Concerto Moderno”, uma orquestra de cordas formada por jovens instrumentistas da área de Lisboa que interpretam no dia 25 músicas de Lopes Graça e Eurico Carrapatoso. Com direcção de César Viana e a participação especial da solista Carla Caramujo.

Às 19 horas, um momento há muito esperado na cidade que viu Abril nascer: a inauguração do Museu do Aljube.