Assembleia Municipal de Lisboa
*
BIP Zip dá nova vida a Marvila
18-02-2017 CML

A energia do programa BIP Zip foi hoje vivida em dose dupla na freguesia de Marvila. A inauguração do Parque Intergeracional e o encerramento da exposição "entre linhas", que marca o início de uma segunda vida para o Palácio Marquês de Abrantes, resultam das opções feitas pela população e pelas Associações locais

Em 2014, através do Projeto 070- Desenhar Redes em Marvila (levado a cabo pela Associação Cultural Xerém em parceria com o Grupo Informal Amigos de Marvila Velha, o Ateneu Madre de Deus, o Grupo Informal de Arquitetos Arqmob, o Externato Camilo Castelo Branco e a Associação de Pais e Encarregados de Educação dos Alunos do Agrupamento de Escolas Luís António Verney), foi realizado um diagnóstico participado, no qual a população privilegiou a construção de um espaço urbano de convívio e de estadia.

O parque é, para Paula Marques, vereadora da habitação, um espaço onde as pessoas se podem encontrar, “fundamental para começar a por esta zona a agenda”.

O Palácio Marquês de Abrantes

Construído no século XVII, o Palácio Marquês de Abrantes é a segunda área a intervencionar no âmbito do BIP ZIP de Marvila.

O futuro passa pela recuperação do espaço como polo agregador e dinamizador desta zona da cidade, fruto de uma vontade conjunta entre moradores e CML, assegura Paula Marques que encerrou a exposição "EntreLinhas".

Uma mostra onde as memórias da freguesia e das pessoas que a habitam ocuparam as diversas salas do palácio.

A exposição contou com a colaboração de vários artistas a partir dos contributos e testemunhos da população local.