Assembleia Municipal de Lisboa
*
Lisboa Histórica, Cidade Global
Bairros históricos, Miradouros e Frente Ribeirinha candidatos a Património Mundial
13-01-2016 New in Town Online

Lisboa Histórica, Cidade Global. É assim que se chama a candidatura que pretende ver reconhecidas como Património Mundial bairros, miradouros e a frente ribeirinha de Lisboa.
Veja a apresentação AQUI

A proposta vai ser discutida pela Câmara Municipal de Lisboa esta quarta-feira, 13, para posteriormente ser analisada pelo Património Mundial da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO).

Se a candidatura for aprovada, a cidade ganha um novo reconhecimento internacional. No documento assinado por Manuel Salgado, vereador do pelouro do Urbanismo e Reabilitação Urbana, e Catarina Vaz Pinto, vereadora da Cultura, os bairros, miradouros e frente ribeirinha de Lisboa têm em comum o legado dos Descobrimentos do século XV e do Terramoto de 1755.

A candidatura surge na sequência da chegada do dia 31 de Dezembro de 2015, altura em que se celebrou os dez anos de vigência da Lista Indicativa Nacional do Património Mundial da UNESCO.

Esta lista é revista e actualizada de dez em dez anos.
E quais são afinal os candidatos a Património Mundial?
Começando pelos bairros, falamos do Bairro Alto e Mocambo, na Madragoa, e a Cerca Fernandina, os núcleos de Santa Clara, São Vicente e Mouraria, os colégios jesuítas de Santo Antão-o-Novo e o Noviciado da Cotovia.

Quanto aos miradouros, são eles o da Graça, Castelo de São Jorge, Santa Catarina, Campo de Santa Clara, São Pedro d'Alcântara, Santa Luzia e Portas do Sol.
Por fim, a frente Ribeirinha entre o Cais do Sodré e Santa Apolónia também pode vir a ser candidata a Património Mundial.