Assembleia Municipal de Lisboa
*
Câmara de Lisboa teve lucros de 202,5 milhões de euros em 2015
20-07-2016 com Económico, notícia de Nuno Miguel Silva

A autarquia da capital encerrou o exercício de 2015 com um resultado líquido de 202,5 milhões de euros, mais 180,8 milhões de euros que no ano precedente. De acordo com as contas consolidadas apresentadas ontem na Assembleia Municipal, referentes ao ano passado, os proveitos e ganhos ascenderam a 768,5 milhões de euros, mais 154,1 milhões de euros que em 2014. Por seu turno, os custos e as perdas fixaram-se em 566 milhões de euros, menos 48,4 milhões de euros que no exercício precedente.
Veja a apresentação do Vereador João Paulo Saraiva em baixo

Segundo o balanço consolidado no final de 2015, a CML tinha um activo de 3.073,5 milhões de euros, mais 5,6% ou 180,8 milhões de euros no ano anterior. Os fundos próprios também subiram, 10,1% ou 185,3 milhões de euros, para 2.061,5 milhões de euros. Por seu turno, o passivo da CML decresceu 0,37%, 4,6 milhões de euros, para 1.237,7 milhões de euros.

A CML encerrou o exercício de 2015 com 7.628 trabalhadores, um valor que subia para 8.535 funcionários incluindo as diversas empresas municipais.

Entre essas, destacam-se a EMEL, que registou no ano passado lucros de cerca de 3,2 milhões de euros, e a EGEAC, com resultados líquidos positivos de 715 mil euros. Também a Gebalis lucrou 123 mil euros em 2015. No entanto, foi a SRU - Sociedade de Reabilitação Urbana Ocidental que teve os maiores lucros no ano passado entre as participadas da CML, cerca de 1,9 milhões de euros.

Documentos
Documento em formato application/pdf Apresentação do Vereador João Paulo Saraiva em 19.7.2016 na AML665 Kb