Assembleia Municipal de Lisboa
*
Lisboa é a primeira capital europeia a aderir ao Pacto de Autarcas para o Clima e Energia
15-07-2016 cml

A Eurocities, organização de cidades europeias, saudou a decisão de Lisboa aderir ao Pacto de Autarcas para o Clima e Energia (Covenant of Mayors for Climate and Energy). Na plataforma Twitter daquela organização é enfatizado o facto de Lisboa ter sido a primeira capital europeia a tomar esta decisão, em 28 de junho.

A capital portuguesa compromete-se assim a reduzir as suas emissões de CO2 em pelo menos 40 por cento até 2030, aumentando a resistência às mudanças climáticas, e a reforçar esforços para o fornecimento de energia segura, sustentável e acessível aos seus cidadãos.

No tweet publicado em 8 de julho são ainda referidas declarações de Fernando Medina, presidente da Câmara Municipal, onde o edil afirma que Lisboa está na dianteira do combate às alterações climáticas e pretende levar a cabo um processo que mitigue os seus impactos e crie meios de adaptação, envolvendo habitantes, visitantes, empresas, economia, emprego e os domínios do ambiente. "Juntos estamos a criar uma cidade inclusiva e sustentável, não só para o futuro mas já para o presente", sublinha Medina.

O novo Pacto dos Autarcas para o Clima e Energia foi lançado pela Comissão Europeia em 15 de outubro de 2015, durante uma cerimónia no Parlamento Europeu, em Bruxelas. Os três pilares do Pacto - mitigação, adaptação e energia segura, sustentável e acessível - foram então simbolicamente assumidos.