Assembleia Municipal de Lisboa
Voto 020/04 (PSD) - Saudação pelo 25 de Abril
24-04-2018

Agendado: 24 de Abril de 2018
Debatido e votado: 24 de Abril
Resultado da Votação: Aprovado por Maioria com a seguinte votação: Favor: PS/ PSD/ CDS-PP/ BE/ PAN/ PEV/ MPT/ PPM/ 8 IND - Contra: PCP
Passou a Deliberação: 162/AML/2018
Publicação em BM:BM nº 1267

SAUDAÇÃO
"25 de Abril"
Faz amanhã quarenta e quatro anos que um grupo de destemidos militares, alguns deles muito jovens, movidos pelos mais nobres ideais democráticos e patrióticos, se juntaram e, com enorme valentia, arriscaram as suas vidas, as suas carreiras e o seu futuro, para porem fim à ditadura que governava o nosso país.
Comemorar o 25 de Abril, quarenta e quatro anos depois é, por um lado, o reconhecimento desse marco importantíssimo da nossa história e por outro lado fazer com que a nossa memória colectiva não esqueça os valores da liberdade e da democracia.
Lembrar esse passado, é tanto mais importante, principalmente para os cidadãos mais jovens, quando começam a surgir muitos portugueses a dar sinais de desilusão com a democracia e a afastarem-se da participação activa na vida democrática.
Os primeiros anos de democracia foram tempos difíceis, em que alguns, felizmente em pequeno número, tentaram dividir os portugueses de modo quase irreversível e trágico.
Importaram-se ideias, umas melhores, outras piores, algumas delas que praticamente em todo o mundo já tinham sido rejeitadas, por serem extremamente retrogradas e nefastas, e que felizmente, para todos os portugueses, não vingaram.
Os portugueses souberam, de forma categórica (e muito sábia), retomar o seu caminho. O bom caminho. Ultrapassar os obstáculos, os muros que se quiseram levantar, conseguindo impor a democracia e a liberdade, e vive-las tão exemplarmente quanto outros países com experiência muito mais longa de vivência democracia.
De entre as conquistas da democracia em Portugal uma deve ser salientada: O poder local democrático, que veio dar voz às populações, e lhes permitiu gerir os seus interesses directos e contribuir de forma inegável para o desenvolvimento das suas terras e para a sua qualidade de vida.
Devemos, todos nós, ter consciência que o 25 de Abril não é um fim, não é um ponto de chegada, antes pelo contrário. É acima de tudo um ponto de partida, um processo permanentemente em curso, em mutação, um caminho em direcção a uma sociedade e a um país melhor.
O 25 de Abril não tem donos. Nunca poderá ter donos. Ninguém, nunca, deverá tentar impor donos à democracia.
O 25 de Abril é nosso, é do povo, é de todos nós!
Quem ousa pensar que o 25 de Abril tem donos, está a repelir a democracia e todos aqueles que arriscaram a sua vida para dar, a todos nós, a liberdade.
Os Eleitos do Partido Social Democrata propõem que a Assembleia Municipal de Lisboa, reunida no dia 24 de Abril de 2018, delibere saudar o 25 de Abril de 1974 e, por ocasião desta efeméride, todos aqueles que, ao longo dos anos, lutaram e deram a vida pela liberdade e pela democracia no nosso País.
Lisboa, 24 de Abril de 2018

Os deputados do Grupo Municipal do PPD/PSD

Documentos
Documento em formato application/pdf Voto 020/04 (PSD) 293 Kb