Assembleia Municipal de Lisboa
Voto 020/12 (PCP) - Solidariedade com os últimos acontecimentos no Brasil
24-04-2018

Agendado: 24 de Abril de 2018
Debatido e votado: 24 de Abril
Resultado da Votação: Aprovado por Maioria com a seguinte votação: Favor: PS/ PCP/ BE/ PAN/ PEV/ 8 IND - Contra: PSD/ CDS-PP/ MPT/ PPM
Passou a Deliberação: 176/AML/2018
Publicação em BM:BM nº 1267

Voto de solidariedade

Sobre os últimos acontecimentos no Brasil

A recusa do Habeas Corpus interposto por Lula da Silva no Supremo Tribunal do Brasil representa um passo mais na consumação do golpe de Estado institucional, iniciado em 2016, com a escandalosa destituição da legítima Presidente do Brasil Dilma Rousseff e a imposição de um governo que está a destruir tudo o que de mais positivo fora alcançado pelo povo brasileiro desde 2003, durante os mandatos de Lula da Silva e Dilma Rousseff.

Sob a capa da "justiça" de um sistema judicial reconhecidamente comprometido com o golpismo, está em marcha um vergonhoso processo político que, ao mesmo tempo que dá cobertura ao corrupto, antipopular e repressivo governo de Michel Temer, procura a todo o custo impedir a candidatura de Lula da Silva às eleições presidenciais de 2018.

Perante uma tão grave situação em que, acossado pelo crescente descontentamento e oposição popular, o golpismo promove acções de violência de carácter fascista contra manifestações em apoio a Lula e agita o espectro de golpe militar, tudo isto num ambiente de assassinato de opositores ao regime, o Grupo Municipal do Partido Comunista Português propõe que a Assembleia Municipal de Lisboa, na sua 20ª Reunião - 1ª Reunião da Sessão Ordinária de Abril de 2018, realizada no dia 24 de Abril delibere:

1- Manifestar uma vez mais a sua profunda indignação e a mais veemente condenação do golpe de estado institucional em curso no Brasil;
2- Reclamar o fim da perseguição a Lula da Silva e aos democratas e progressistas brasileiros;
3- Apelar à solidariedade para com os trabalhadores e o povo do Brasil na sua luta em defesa da democracia e contra um poder golpista e repressivo.

O Reprentante do Grupo Municipal do PCP

- António Modesto Navarro -

Documentos
Documento em formato application/pdf Voto 020/12 (PCP)50 Kb