Assembleia Municipal de Lisboa
Voto 027/03 (PS) - Saudação, Lisboa Capital Verde Europeia 2020
26-06-2018

Agendado: 26 de Junho de 2018
Debatido e votado: 26 de Junho
Resultado da Votação: Aprovado por Maioria com a seguinte votação: Favor: PS/ PSD/ CDS-PP/ BE/ PAN/ PEV/ MPT/ PPM/ 8 IND - Abstenção: PCP
Passou a Deliberação:264/AML/2018
Publicação em BM:5º Suplemento ao BM nº. 1274

Lisboa "Capital Verde Europeia 2020"

Lisboa ganhou o prémio de "Capital Verde Europeia 2020". A distinção foi anunciada pelo Comissário Europeu do Ambiente, Assuntos Marítimos e Pescas e é o reconhecimento do trabalho que Lisboa tem vindo a desenvolver durante a última década no sentido de uma cidade mais verde e amiga das pessoas. É a primeira vez que uma capital do Sul da Europa conquista esta distinção, geralmente atribuída às cidades do Norte da Europa.

O comissário Karmenu Vella salientou que "as mudanças climáticas, o consumo excessivo, o desperdício de plástico e a perda de biodiversidade são grandes ameaças para as nossas cidades e o nosso futuro. É animador e inspirador ver uma liderança tão forte de Lisboa", afirmou.

O júri valorizou especialmente os esforços para a construção de uma cidade mais amigável das pessoas, com destaque para a pedonalização de amplas zonas da cidade e o forte crescimento das áreas verdes, bem como os avanços conseguidos e os compromissos assumidos em áreas como a eficiência energética e a boa gestão da água. Salientou ainda que Lisboa iniciou a sua jornada rumo à sustentabilidade durante um período de crise económica e que pode ser "uma inspiração e um modelo para muitas cidades da UE", demonstrando que a sustentabilidade e o crescimento económico "andam de mãos dadas".

Lisboa foi a primeira capital na Europa a assinar o Novo Pacto de Autarcas para Mudanças Climáticas e Energia em 2016, depois de alcançar uma redução de 50% nas emissões de C02 (2002-14), reduzir o consumo de energia em 23% e o consumo de água em 17% de 2007 a 2013.
A importância desta distinção para uma cidade como a nossa, que enfrenta os duros desafios climáticos dos países do sul, aumenta a responsabilidade e o compromisso de Lisboa em colocar as alterações climáticas no centro da agenda política das cidades europeias e dos países de língua oficial portuguesa.

Além do título, Lisboa recebe um incentivo financeiro de 350 mil euros da Comissão Europeia para avançar com o seu ano de capital verde.

Assim, o Grupo Municipal Partido Socialista propõe à Assembleia Municipal de Lisboa, reunida a 26 de junho de 2018:
1. Saudar a atribuição do prémio "Capital Verde Europeia 2020" e o trabalho desenvolvido na última década por uma cidade mais verde e amiga das pessoas.
2. Remeter este voto à Câmara Municipal de Lisboa

Pelo Grupo Municipal do Partido Socialista

José Leitão
André Couto

Documentos
Documento em formato application/pdf Voto 027/03 (PS) 71 Kb