Assembleia Municipal de Lisboa
Grupos Municipais
logotipo
Página do Grupo Municipal do Partido Ecologista "Os Verdes" (PEV)
A política editorial desta página é da inteira responsabilidade do Grupo Municipal do Partido Ecologista "Os Verdes" (PEV)
Voto 068/01 (PEV) - Saudação Dia Mundial da Terra
19-04-2023

Agendado: 68º Reunião - 42º Sessão Extraordinária. 9 de Maio de 2023
Debatido e votado: 68º Reunião - 42º Sessão Extraordinária. 9 de Maio de 2023
Resultado da votação: APROVADA por UNANIMIDADE

O Dia Mundial da Terra celebra-se todos os anos no dia 22 de Abril em mais de 190 países, com a participação de cerca de mil milhões de pessoas que manifestam o seu compromisso com a protecção e a necessidade de preservar os recursos naturais, o ambiente e a sustentabilidade do Planeta.

Este ano a 53ª edição do Dia Mundial da Terra é marcada pelo tema “Investir no nosso planeta”, tendo como principal objectivo mobilizar centenas de milhares de pessoas em torno de uma aliança global no sentido de se agir, inovar e implementar medidas para a proteção do meio ambiente entre todos, empresas, governos e cidadãos.

O movimento evocativo surgiu na sequência das gravosas consequências de um desastre petrolífero em Santa Barbara, na Califórnia, ocorrido em 1969, pelo qual se manifestaram mais de 20 milhões de norte-americanos a favor da preservação da Terra e da protecção do ambiente em geral.

A data seria criada em 1970 e posteriormente reconhecida pela ONU em 2009, como um momento importante para se sensibilizar e criar uma consciência comum, sobre os impactos da pegada ecológica no Planeta e os problemas da contaminação em geral, de forma a alterar comportamentos e políticas e para que não se hipoteque o futuro das gerações vindouras.
Neste dia, milhões de cidadãos em todo o mundo renovam o seu compromisso pela preservação do ambiente e da sustentabilidade da Terra, por meio de iniciativas informativas e pedagógicas de avaliação dos problemas do Planeta, da contaminação do meio ambiente, do ar, água e solos, da destruição de ecossistemas e do esgotamento de recursos não renováveis, com acções de cariz educativo nas escolas, redigindo e divulgando frases e poemas aludindo à importância do Planeta Terra e com outras actividades similares.

Com esta comemoração pretende-se alertar os cidadãos para a sua consciencialização perante a exploração dos recursos naturais da Terra e o seu uso devido e equilibrado, pela educação ambiental e por uma participação ambientalmente consciente e responsável, através da promoção da ‘saúde’ do nosso Planeta, tanto a nível global como regional e local.
Promovem-se também neste dia soluções que permitam eliminar os efeitos negativos das actividades humanas, por meio da reciclagem de materiais manufacturados, a proibição de utilizar produtos químicos danosos, o uso de energias alternativas, a preservação de recursos naturais, o fim da destruição de habitats fundamentais, como as florestas e a protecção de espécies animais e vegetais ameaçadas.

Importa referir que cada um de nós é um importante actor na preservação do meio ambiente e dos recursos naturais, podendo no seu dia-a-dia implementar opções e ideias decisivas para a redução das emissões de CO2 e no combate às alterações climáticas. São disso exemplo a redução e o consumo de plástico, optar pelo uso dos transportes públicos, ou mesmo plantar uma árvore.

Segundo a Global Footprint Network (GFN) organização responsável por estimar o Dia da Sobrecarga da Terra, e dedicada à gestão dos recursos naturais e ao impacto das alterações climáticas, a cada ano que passa a população mundial começa a viver de crédito ambiental cada vez mais cedo, ou seja, no ano passado esgotámos os recursos que o planeta pode renovar durante o ano inteiro a 28 de Julho, mais cedo do que em 2021.

Quer isto dizer que a partir de 28 de Julho o planeta entra em défice ecológico e começa a gastar recursos que só deveriam ser utilizados a partir do início deste ano, tendo em conta que actualmente a Humanidade utiliza mais de 75% do que aquilo que os ecossistemas do planeta conseguem regenerar.

Ou seja, seriam necessários 1,75 Terras para conseguirmos satisfazer todas as nossas necessidades, porque a nossa pegada ecológica é muito superior à biocapacidade do planeta, sendo que no caso do nosso país, o Dia da Sobrecarga da Terra foi assinalado a 7 de Maio, ao fim de apenas o 127º dia de 2022.

Considerando que “a Terra é nossa casa e a casa de todos os seres vivos. Somos partes de um universo em evolução. Somos membros de uma comunidade de vida independente com uma magnífica diversidade de formas de vida e culturas...”, que ela fornece os recursos essenciais à nossa sobrevivência que devem, por isso mesmo, ser geridos de forma equilibrada e sustentável.

Neste sentido, a Assembleia Municipal de Lisboa delibera, na sequência da presente proposta do Grupo Municipal do Partido Ecologista Os Verdes:

1. Saudar o Dia Mundial da Terra.
2. Saudar os cidadãos e os movimentos que se têm mobilizado em defesa de um futuro mais limpo e pela garantia de sustentabilidade do Planeta.
3. Enviar a presente deliberação às Associações de Defesa do Ambiente com representação no concelho de Lisboa.

Assembleia Municipal de Lisboa, 19 de Abril de 2023
O Grupo Municipal do Partido Ecologista Os Verdes

Cláudia Madeira
J. L. Sobreda Antunes

Documentos
Documento em formato application/pdf 20230413 Saudação ao Dia Mundial da Terra182 Kb