Assembleia Municipal de Lisboa
Grupos Municipais
logotipo
Página do Grupo Municipal do Partido Ecologista "Os Verdes" (PEV)
A política editorial desta página é da inteira responsabilidade do Grupo Municipal do Partido Ecologista "Os Verdes" (PEV)
Recomendação 068/03 (PEV) - Reavaliação de percursos e horários de Carreiras de Bairro
09-05-2023

Agendado: 69ª Reunião - 43ª Sessão Extraordinária, 16 de Maio de 2023
Debatido e votado: 69ª Reunião - 43ª Sessão Extraordinária, 16 de Maio de 2023
Resultado da votação: APROVADA por UNANIMIDADE

Em 2017 a Carris implementou o projecto denominado por 'Carreiras de Bairro’, bastando ao utente ser portador de título ou passe válido na rede Carris, ou optar por um passe exclusivo para as ‘Carreiras de Bairro’. O objectivo primordial da sua criação residiu na necessidade de adequar a oferta às necessidades de acesso em zonas habitacionais deficientemente ou ainda não servidas por transportes públicos, com a finalidade e vantagem de ganhos de complementaridade à restante rede que já opera na capital.

Com efeito, a própria empresa Carris releva que “a qualidade e responsabilidade social, económica, ambiental e social, são a via para melhorarmos a nossa actividade e contribuirmos para a sustentabilidade do sistema e para o bem-estar social. Este contributo passa por satisfazermos as necessidades dos clientes e cumprirmos as normas e regulamentos, optimizando os recursos que temos. Com esta estratégia reforçamos o nosso papel activo na mobilidade sustentável e contribuímos para uma cidade com maior qualidade de vida”.

Neste contexto, as novas linhas (que hoje totalizam 27), percursos e horários inicialmente instituídos vieram assim lançar as bases para a oferta de ligações de proximidade às infraestruturas e serviços mais importantes dos bairros, como escolas, centros de saúde, mercados, farmácias, e interfaces de transporte, como as estações de Metro, entre outros.
No passado mês de Março, a Carris completou a implementação das Carreiras de Bairro com a carreira 67-B que visa servir a freguesia da Estrela, fazendo o percurso Estrela/Circulação Pampulha, colmatando falhas em zonas que estavam desprovidas de serviço da Carris, como a Urbanização da Av. Ceuta/Sul, a Rua do Possolo, a Rua do Borja, a Rua do Olival, a Rua Ribeiro Sanches e a Rua Prior.

Assim, e tendo em conta que se encontra finalizada a implementação das Carreiras de Bairro, importa proceder a uma avaliação e reajustamento de circuitos ou a extensão de carreiras de bairro já existentes que poderiam beneficamente prestar um contributo ao “papel activo na mobilidade sustentável” anunciado pela empresa.
Considerando que algumas destas carreiras, depois de melhor avaliadas, podem hoje acolher um conjunto de pequenos ajustamentos que permitam melhorar a oferta da empresa, aumentar o número de passageiros e contribuir “para a sustentabilidade do sistema e para o bem-estar social”.

Considerando que a oferta de transporte público colectivo é fundamental pelo lugar estratégico que ocupa na vida económica dos diversos bairros da cidade, assegurando a mobilidade das populações e, no geral, a circulação de mercadorias e bens, com enormes benefícios para o ambiente e para o desenvolvimento sustentável ao nível local.
Neste sentido, a Assembleia Municipal de Lisboa delibera, na sequência da presente proposta do Grupo Municipal do Partido Ecologista Os Verdes, recomendar à Câmara Municipal de Lisboa que:
1 - Pondere elaborar um levantamento das actuais necessidades de circulação dos utentes da Carris nas freguesias, tendo em conta casos de mobilidade específica.
2 - Com base nesse inquérito, proceda a uma avaliação dos percursos e horários, contemplando concretamente, as Carreiras de Bairro.
3 - Tendo em conta os resultados dessa avaliação, procure evitar que as carreiras de bairro mantenham percursos já suficientemente cobertos por outras linhas da Carris e, em alternativa, opte por melhor potencializar o acesso a zonas ou bairros que ainda requeiram uma melhor acessibilidade dos utentes a infraestruturas e serviços das freguesias.
4 - Apresente à Assembleia Municipal de Lisboa as sugestões de equilíbrio e melhoria da oferta da rede de transportes públicos da Carris, incluindo as informações requeridas em 1 e 2, para o devido acompanhamento pelas Comissões.
Mais delibera:
- remeter a presente recomendação à Carris, à CML e todos os seus vereadores, e ao Movimento de Utentes de Serviços Públicos (MUSP).

Assembleia Municipal de Lisboa, 16 de Maio de 2023

O Grupo Municipal do Partido Ecologista Os Verdes
Cláudia Madeira
J. L. Sobreda Antunes

Documentos
Documento em formato application/pdf 20230509 Recomendação Reavaliação de percursos e horários de Carreiras de Bairro253 Kb