Assembleia Municipal de Lisboa
Grupos Municipais
logotipo
Página do Grupo Municipal do Partido Ecologista "Os Verdes" (PEV)
A política editorial desta página é da inteira responsabilidade do Grupo Municipal do Partido Ecologista "Os Verdes" (PEV)
Encerramento do Edifício Panorâmico de Monsanto
30-08-2023

O Grupo Municipal do Partido Ecologista Os Verdes teve conhecimento que o edifício do antigo Restaurante Panorâmico, no Parque Florestal de Monsanto, que actualmente funciona como miradouro, está encerrado desde meados do mês de Julho.

Esta situação faz com que muitos cidadãos se desloquem ao local e estejam impedidos de entrar, constando da página oficial da Câmara Municipal de Lisboa a informação sobre o horário de funcionamento, mas sem qualquer referência ao encerramento, que se verifica já há mais de um mês. Também no local não existe qualquer informação sobre a situação.

Saliente-se que o Edifício Panorâmico de Monsanto representa uma obra arquitectónica de referência e que integra várias obras de arte. Além de restaurante, foi ainda escritório de uma empresa de filmagens, discoteca, bingo e armazém de materiais de construção civil, tendo encerrado em 2001. Depois disso foi votado ao abandono, acabando por ficar degradado e vandalizado até que, em 2017, foi reaberto como miradouro, após a CML ter realizado trabalhos de limpeza e colocado gradeamentos e emparedamentos para possibilitar um acesso restrito e a circulação de pessoas em condições de maior segurança.

Hoje, continua a ser um edifício com um futuro incerto e que aguarda requalificação, sendo património municipal e histórico que importa preservar, mas constitui um miradouro com uma das mais privilegiadas vistas de 360º sobre a cidade.

Recorde-se que o Partido Ecologista Os Verdes tem vindo a questionar insistentemente a autarquia sobre o ponto de situação da requalificação deste edifício, tendo apresentado diversas propostas ao longo dos anos, incluindo no actual mandato , com vista à sua requalificação, assegurando a fruição pública e respeitando os termos arquitectónicos e artísticos, assim como o espaço onde se insere, o Parque Florestal de Monsanto, também ele património de extrema importância para a cidade e a Área Metropolitana de Lisboa.

Com efeito, no passado dia 18 de Julho, na Sessão de Perguntas à CML , o PEV voltou a questionar o executivo sobre o ponto de situação da requalificação, recuperação e conservação do Edifício Panorâmico de Monsanto e sobre qual a razão para a Assembleia Municipal ainda não ter recebido informação relativamente às medidas que a prevê a CML desenvolver nesse sentido, tal como havia sido aprovado na Recomendação n.º 055/09 - Edifício Panorâmico de Monsanto.
Na resposta, a CML nada referiu relativamente ao encerramento do Edifício Panorâmico de Monsanto, nem enviou posteriormente qualquer informação à Assembleia Municipal de Lisboa.

Assim, ao abrigo da alínea g) do art.º 15º, conjugada com o n.º 2 do art.º 73.º do Regimento da Assembleia Municipal de Lisboa, vimos por este meio requerer a V. Exª se digne diligenciar no sentido de nos serem facultadas as seguintes informações:

1. Qual a razão para o Edifício Panorâmico de Monsanto estar encerrado?
2. Qual a razão para não ter sido divulgada qualquer informação sobre esse encerramento?
3. Quando prevê a CML proceder à reabertura do Edifício Panorâmico de Monsanto?

Assembleia Municipal de Lisboa, 30 de Agosto de 2023
O Grupo Municipal do Partido Ecologista Os Verdes
Cláudia Madeira
J. L. Sobreda Antunes

Documentos
Documento em formato application/pdf Requerimento 30-2023 Encerramento do Edifício Panorâmico de Monsanto66 Kb